Dúvidas sobre Apneia do Sono

O que é a Síndrome da Apneia do Sono?

Apneia é palavra grega para ‘sem respiração’. Apneia do sono é estar sem respiração durante o sono. O padrão científico determina uma apneia como uma parada respiratória de pelo menos 10 segundos. Se uma pessoa tem cinco ou mais apneias por hora de sono então ela pode ser clinicamente diagnosticada com apneia do sono.

As apneias durante o sono poder ocorrer por dois motivos: a obstrução das vias respiratórias ou por uma disfunção neurológica em que não há tentativa de respirar, não há esforço respiratório. A partir das duas origens a apneia do sono é classificada em três formas distintas: (1) apneia obstrutiva, (2) apneia central e (3) apneia mista.

 

Apneia Obstrutiva do Sono

A apneia obstrutiva do sono (AOS ou SAOS – Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono) se caracteriza pela obstrução das vias respiratória. A obstrução das vias respiratórias pode ocorrer por motivos diferentes ou a soma deles. Os mais comuns estão listados abaixo:

  • Obesidade e sobrepeso
  • Os músculos das vias respiratórias relaxam demais.
  • As vias aéreas mais estreitas.
  • A base da língua é mais grossa e com o relaxamento ao dormir obstrui a passagem de ar
  • O hióide (osso) posiciona a língua de maneira que estreita a via respiratória
  • Queixo retraído (para trás) estreita a passagem de ar
 

Os dispositivos CPAP são os mais indicados para o tratamento da apneia do sono

Veja na foto abaixo como ocorre o relaxamento e a obstrução das vias respiratórias.

 

Apneia do Central Sono

Na apneia central do sono (ACS) uma pessoa para de respirar durante a noite não devida a uma passagem de ar bloqueada, mas porque o cérebro temporariamente para de enviar sinais para os músculos que controlam a respiração. Não há explicações precisas sobre a origem deste tipo de apneia. Alguns dispositivos bi-nível (BiPAP Auto SV e VPAP Adapt) são projetados especificamente para o tratamento da ACS.

 

Apneia Mista do Sono

Na apneia mista do sono (AMS), o paciente tem uma combinação da apneia central do sono e apneia obstrutiva do sono. O tratamento é através de um dispositivo bi-nível (BiPAP Auto SV e VPAP Adapt).

 

Quais são os riscos para a saúde da apneia do sono não tratada?

A SAOS é uma síndrome potencialmente fatal e que trás prejuízos para a saúde e qualidade de vida no curto e longo prazo. As consequências são:

A curto prazo

A médio e longo prazo

  • Sonolência diurna excessiva;
  • Redução do raciocínio;
  • Variação de humor;
  • Indisposição e baixo libido;
  • Redução da qualidade de vida;
  • Dificuldade de perder peso e aumento do apetite;
  •  Pressão alta;
  • Ataque cardíaco;
  • Acidente vascular cerebral (AVC);
  • Arritmia cardíaca;
  • Depressão;
  • Obesidade;
  • Diabetes;
  • Fadiga crônica;

 

Quais são os sintomas da apneia do sono?

Os seguintes sintomas estão de mãos dadas com a apneia do sono:

  • Ronco alto, frequente e perturbador
  • Períodos sem respiração durante o sono
  • Bufar, ofegar ou engasgar durante o sono
  • Necessidade constante de urinar durante a noite
  • Pressão alta
  • Dores de cabeça matinais
  • Despertar cansado pela manhã
  • Letargia durante o dia ou à noite
  • Refluxo gastroesofágico
  • Sono ao realizar atividades cotidianas, tais como dirigir
  • Pouca atenção e problemas de memória
  • Alterações de repentinas humor, irritabilidade
  • Comportamento hiperativo, principalmente em crianças
  • Pescoço largo

 

Como é feito o diagnóstico da Apneia do Sono?

Um estudo do sono é sempre indicado para diagnosticar. O estudo geralmente é conduzido em um laboratório do sono especializado, é chamado polissonografia, poligrafia do sono ou exame poligráfico do sono. Alguns polissonígrafos permitem o diagnóstico na residência.

A polissonografia monitora a sua respiração, atividade cerebral, batimentos cardíacos e níveis de oxigênio no sangue enquanto você dorme. Essas métricas são usadas para determinar se você tem AOS ou outros distúrbios relacionados, tais como ACS, bruxismo, síndrome das pernas inquietas, sonambulismo, terror noturno, fibromialgia, entre outros.

 

Se eu perder peso vou curar a apneia?

A resposta a esta pergunta é pessoal: depende do indivíduo e o motivo da apneia. Algumas pessoas relatam ter uma redução da apneia do sono ou até mesmo cura depois de emagrecer. Mas há pessoas que relataram nenhuma alteração. Todos tem benefícios ao perder peso saudavelmente. Quando feito por meio de dietas, exercícios e orientação médica, perder peso é bom para a saúde geral.

Sou um novo na terapia, o que eu vou precisar comprar?

Você irá precisar de uma máquina de CPAP, uma tubulação*, cabo de alimentação, filtros e uma máscara de CPAP. Todos nossos CPAPs vem com um cabo de alimentação, bolsa de transporte, pelo menos um filtro e uma tubulação. Máscaras de CPAP são vendidas separadamente.

Adquirindo um CPAP e máscara, você já estará pronto para iniciar sua jornada em busca de um sono saudável.

Outro acessório que pode ser fundamental para seu conforto é o umidificador, que não está incluso nas compras (exceto em kits promocionais). Para ler sobre o umidificador clique aqui.

Lembre-se que existe uma diferença significativa entre o equipamento básico e equipamento de ponta. Equipamentos de ponta são geralmente menores, mais leves, mais silenciosos, menos propensos a vazamentos, mais fácil de respirar contra a pressão positiva, melhor umidificação e mais fácil de viajar ou transportar. A chave para o tratamento com CPAP é o conforto, analise o fabricante e os produtos, escolha sabiamente.

 

*A tubulação é também chamada de tubo, mangueira, traqueia ou circuito.

Dúvidas sobre Apneia do Sono

Dúvida sobre Umidificação

Dúvidas sobre Máscaras

Dúvida sobre Umidificação